sexta-feira, 17 de julho de 2009

Coisas da Argentina: Gripe Porcina!

Gente,

Aproveitarei esse meu humilde espaço na internet para comentar algo que me deixa muito chateada: A forma como esta sendo relatado no Brasil o caso da gripe suína aqui na Argentina (Aqui falamos Porcina).

Que a gripe existe e que houve mortes por esse motivo é um fato e eu não preciso muito me prolongar neste sentido, mas eu vejo nos e-mails e conversas desesperadas de amigos e da minha família no Brasil, um total SENSACIONALISMO do jornalismo brasileiro.

Em um primeiro momento, quando não tínhamos informações e só sabíamos do numero de casos, houve um pouco de histeria sim. Eu por exemplo, a cada sintoma de gripe (Que é bem normal neste frio do cão) já começava a pensar o pior, mas a forma como as pessoas estão recebendo noticias ai no Brasil é totalmente errônea e por que não dizer, mentirosa?






O site G1 mostrou uma foto de um shopping em Buenos Aires vazio dizendo que as pessoas não estavam saindo de casa. O Shopping?? Galeria pacífico, na Florida.

Contrapondo a esta matéria do G1, eu, por conhecimento de causa, posso dizer que é simplesmente uma inverdade, já que a Florida é meu caminho para o trabalho e não tem um dia sequer que aquela área esteja vazia. Com suína ou não está sempre uma multidão e principalmente de brasileiros. Colocar uma foto, provavelmente na hora em que shopping estava abrindo é um sensacionalismo mega barato.

O caso das mascaras: Minha mãe disse que os telejornais brasileiros ao mostrarem Buenos Aires, a maioria das pessoas aparecia usando mascaras: Outra mentira. O meio de transporte que eu mais uso é o metro, que pela manha esta sempre cheio e se pode contar nos dedos quantas pessoas estão usando as mascaras e na maioria das vezes turistas e pela total falta de informação. Sabe por que? Porque a máscara é recomendada somente pra quem esta infectado, como uma forma de evitar o contagio. Se você não tem nada e compra essas mascaras de alguns pesos e fica com ela pra lá e pra cá, só esta prejudicando sua saúde, já que a umidade provocada na região da boca favorece a proliferação de vírus. Ou seja, Buenos Aires inteira usando mascara, é outra MENTIRA!

O único frenesi mesmo foi com o álcool em gel, já que houve uma escassez de demanda que já foi corrigida e está sendo devidamente aproveitada pelos comerciantes, afinal em tempos de crise há quem chore e há quem venda lenços, não é?







Fica meu depoimento de indignação e uma tentativa de acalmar pessoas queridas no Brasil preocupadas com a gente aqui.



Beijos,



L.V

3 comentários:

Ale disse...

vc está certíssima!

Bjs

Anônimo disse...

sensacionalismo mesmo!
fui pra NY mês passado e não vi UMA pessoa sequer de máscara! E enquanto eu estava aqui antes de ir, pela tv parecia que lá todo mundo tava de máscara, no aeroporto, na rua...
hunf!

Quesito pele disse...

Pois é, e o pior é que continua...